Por onde eu ando

segunda-feira, setembro 27, 2010

Domínio Próprio ou Temperança.

Umas das artes que fiz.Efeito Neon Plus.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Fala galera, Paz de Cristo.

Confesso que estou prestes a ficar sem internet, daí resolvi postar uma par de temas que tinha guardado aqui.

Uma das que gosto muito e acho bacana comentar é sobre o Domínio Próprio ou Temperança.

Não sou pastor, não sou formado em teologia, mas sou cristão, na prática diga-se de passagem leio a Bíblia, vivo buscando praticar suas orientações e com isso, compartilho aqui com os que puderem e quizerem ler.

O texto fica no capítulo 5 de Gálatas.

Mas colocarei aqui os frutos do Espírito, que ficam nos versículos 22 e 23.

Gálatas 5.22 e 23.

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

Contra estas coisas não há lei.

Antes de explanar esse texto, quero colocar mais um aqui, que fará parte do papo.

Mateus 22.36-39.

Mestre, qual é o grande mandamento na lei?

E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.

Este é o primeiro e grande mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

Com esses dois textos, venho aqui explanar algo que causa muita confusão, principalmente para quem ainda não aceitou á Cristo.

No texto de Mateus, Jesus informa quais são os dois mandamentos que ele veio pregar e no texto de Gálatas, mostras os frutos do Espírito Santos, ou seja, o que uma pessoa que se diz convertida em Cristo, que recebeu o Espírito Santo deve ter como atitude e dentre elas, a temperança ou domínio próprio em algumas versões.

Vou utilizar dominio próprio aqui, pois é como estou mais acostumado.

O Domínio Próprio, nos faz agirmos, pelo menos em parte, como Jesus agia, basta lembrarmos da situação da cruxificação, onde o prenderam, sem motivo, bateram nele e doeu muito, não falo por causa do filme não, kkkkkkk, mas falo pela própria revelação da palavra de Deus, quando lemos com o coração aberto, sentimos isso. Ele, como Deus, Senhor e Rei que é, se manteve calado, mudo, exercendo o Domínio Próprio, se contendo, pois a vontade era contrária. Temos outro bom exemplo, o da tentação que o inimigo fez á ele depois que Jesus jejuou. Jesus estava com bastante fome, afinal, quarenta dias sem comer e a primeira tentação foi a de tranformar as pedras em pães. Na moral, eu, gordinho, cheio de fome sempre, ia cair dentro de prima, mas Jesus não, mesmo com muita fome, manteve o Domínio Próprio e ainda, sabiamente, utilizou a palavra de Deus para vencer essa tentação.

Onde quero chegar com isso.

Se buscarmos agir seguindo os mandamentos de Jesus, o de amá-lo acima de tudo e ao próximo como á nós mesmos, o que não queremos que aconteça de ruim conosco, não queremos com o próximo, seja amigo ou inimigo, entendamos próximo como outra pessoa.

Partindo daí, como temos Jesus ou se alguem for simpatizante do que a Bíblia sugere, é nosso dever agir conforme os frutos do espírito e dentre eles, com o Domínio Próprio, o que a sociedade hipócrita que jamais dará glórias á Cristo, diz que é ser do bem, nada mais é do que ao invés do motorista xingar e querer brigar num acidente de trânsito, é a pessoa saber se conter e tentar resolver de forma pacífica.

Eu, por natureza sou assim, calmo, manso, tranquilo, dificilmente fico nervoso e com a Palavra de Deus, fico mais suave ainda.

A questão de ser calmo ou agir sem nervosismo não significa que sejamos bobos, ou que aceitamos tudo, mas que sabemos que não será com violência ou agindo de determinada forma que resolveremos as coisas.

A grande diferença de quem não conhece ou não segue aos mandamentos de Cristo, para os que tem e conhecem, é que os que não conhecem não se dominam, sempre se deixarão levar pela vontade, pela carne, pela satisfação, pelo prazer, pela luxúria, situações essas, frutos do pecado.

Mas o cristão, a pessoa que visa o Domínio Próprio, pensará e pedirá ajuda á Cristo se a pessoa for homem e tiver uma mulher se insinuando pra ele, como fez José, nem que ele tenha que sair correndo, mas fugirá do mal. A pessoa não hesitará em não participar de situações ilícitas no trabalho, mesmo precisando de muita grana para levar o suprimento para casa ou pagar dívidas, pois sabe que Deus tudo resolverá. A mulher buscará não falar demais sobre assuntos que não edificarão á outras e não levarão á nada, a chamada fofoca ou intriga, algo que tambem afeta muitos lares. São muitos exemplos que poderia colocar aqui.

Isso eu só falei do Domínio Próprio, imagine dos outros frutos do Espírito?

Isso é o que temos que ficar espertos e buscarmos realizar.

Se nos dominarmos, dando lugar ao Espírito Santo em nossas vidas, com certeza viveremos bem melhor, mais felizes, mais em comunhão com Deus.

Vale a pena sempre.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Um hino da Harpa Cristã, muito bonito, chamado Alvo mais que a Neve, só que numa versão intrumental, na Harpa, kkkkk.

Um abração e Paz.

2 comentários:

O Pastor disse...

Cara, que vídeo maneirasso. De onde vc tirou?
O texto tbem ficou muito bom. Sei lá, acho que vou copiar...

Ellen Aread disse...

Nossa q lindo Digão!!!!!!!!!
Muito maneiro o texto, cada palavra. profundo hein...daqui a pouco vai ser pastor de multidões amém?rsrsrrs

Bjussssss