Por onde eu ando

segunda-feira, agosto 29, 2011

Força, Ricardo Gomes e João, Maria, José, Joaquim, Antônia…

320235_140139976080272_100002528114791_213801_269368_n

Boa noite e Paz.

Confesso que faz um tempão que tô afim de postar algo aqui, mas estou sem tempo.

Entretanto, a vontade de escrever foi tamanha que não resisti.

E ainda faltam vários outros assuntos, quem sabe posto esta semana mais alguns.

Vamos ao que interessa sem blá blá blá.

No clássico de Domingo entre Flamengo e Vasco, o atual técnico do Vasco, o ex-jogador da seleção brasileira, Ricardo Gomes, sofreu um AVC Hemorrágico e foi submetido á uma operação.

Segundo as informações, ele se sentiu mal, solicitou uma ambulância e logo foi atendido.

Oro para que ele fique bem e sem sequelas, mas também oro para que pessoas comuns, iguais a mim, tenham o mesmo direito que ele teve, ao menos á um atendimento, o que no estado em que moro Rio de Janeiro, dependendo do local, é muito precário.

Quantas pessoas ficam em corredores de hospitais horas e até dias para receberem atendimento?

E se o Ricardo fôsse á um hospital ou centro de atendimento público, teríamos que orar por recuperação ou por milagre?

Aproveitei o gancho do assunto e compartilhei aqui com possíveis leitores sobre a sensação que tenho, de que, não desmerecendo o Ricardo, mas que quanto mais grana ou mais importante a pessoa for, melhor o atendimento que ela receberá, quando na verdade era pra ser pra todos.

Me entristece saber que pessoas morrerão, desde que Deus permita, por falta de atendimento e me deixa triste saber que pessoas não terão o mesmo apoio que milhares deram ao Ricardo, por não serem conhecidas, mesmo sofrendo a mesma dôr ou pior.

O conhecimento da palavra de Deus nos dá serenidade, Paz, sensatez, pois entendemos que temos que fazer tudo muito diferente do que o mundo (que não segue á Cristo), faz.

Eu não preciso de nada do mundo, somente ser o sal da terra e luz pra ele.

Enquanto eu agir somente como o mundo age, eu não farei diferença alguma, daí, meus votos são para que não somente o Ricardo, mas todas as pessoas que estão com o mesmo problema se recuperem, que Deus faça o milagre, sempre será minha oração.

Além disso, quero frizar rapidamente sobre a questão das torcidas rivais.

O mundo alimenta isso e muitos cristãos também, quando colocam camisas dos clubes e dão ênfase exagerada á algo que para muitas pessoas é como se fôsse seu “cristo”, seu “deus”.

Eu aprendo muito com Deus e com a vida, sei que se eu comentar com uma pessoa que é torcedora fervorosa de um clube, isso, além de não acrescentar nada, poderá não acabar bem.

Quando o Ricardo estava sendo colocado na âmbulância, alguns torcedores do Flamengo gritaram: “Uh, vai morrer…”.

É claro que isso não significa que todos os torcedores flamenguistas quiseram isso, creio eu que somente os de torcida organizada, para implicar.

Mas se essa rivalidade ainda é alimentada, é por que tem gente que ganha e muito.

Tudo tem gente que ganha e gente que perde e nessa questão não é diferente.

Só que passa dos limites.

Por que não banem do esporte os jogadores que brigam, que são reincidentes?

Por que a grana é alta.

Serei pai ano que vem, se Deus assim permitir e confesso que se possível, incentivarei á meu filho ou filha á praticar bastante esporte, mas á não torcer para nenhum time ou se torcer, de maneira moderada, pois se analisarmos bem, na questão de torcer, isso em nada nos acrescenta.

Vejo pessoas que se dedicam, compram camisas, acessórios, vão aos estádios, apanham na rua dos torcedores rivais, discutem sobre títulos, jogos e tudo mais, á troco de que?
Não recebem nada do clube, a pessoa não interfere em nada no clube ou no resultado dos jogos.

Com certeza, é falta de Jesus, mas se eu falo isso pra ela, ahhh, aí ela tem uma opinião formada, dizendo que igreja é lugar de dar dinheiro pra pastor e blá blá blá, mesmo essa pessoa jamais ter ido á uma igreja, escutado á uma palavra, escutado um louvor.

Enfim, enquanto não houver mudança na postura política do país, vão empurrando futebol no povo e o dinheiro que era para saúde, vai para o bolso dos políticos, daí, os Josés e Marias, que tenham sorte de serem técnicos de algum time para se pressentirem mal estar, solicitem uma ambulância que virá rapidamente.

 

Paz á todos.

Que Deus os abençoem, sempre.

Um comentário:

Stol disse...

Teste.