Por onde eu ando

terça-feira, setembro 20, 2011

Jogo cooperativo–Left.

Paz á todos.
Acho que nunca fiquei tanto tempo sem escrever por aqui e o pior é que não foi por falta de tempo ou material, talvez esquecimento mesmo.
Dentre várias coisas que tenho feito, uns conhecidos do mundo virtual, a galera do Clan (grupo) que faço parte, chamado | BrazucA |, baixou uns mapas do jogo Left.
Neste jogo dentre as várias modalidades de estilo de se jogar, o foco sempre será conseguir ficar vivo até o final do mapa, dentre a quantidade enorme de zumbis que te atacarão.
Abaixo, colocarei o vídeo de um mapa em que participei, juntamente com os amigos do Clan, El Barto e Yankee, que me convidaram pra jogar.
O mapa chama-se Favela. Pois poderão conferir, detalha bem uma favela (normalmente chamada de comunidade aqui no Rio de Janeiro).
Nesse vídeo o tipo de jogo que estávamos participando era o modo sobrevivência, ou seja, nós preparávamos as armas, nos posicionávamos e um de nossos amigos acionava o botão para chamar o socorro.
Nossa meta é ficar vivo até o socorro chegar, mas confesso que não é fácil, kkkkkkkkk.
Left com o parecer da galera.
É claro que isso é um jogo, e com zumbis e tal, mas o diferencial é que é um jogo online, em que outras pessoas também jogam contigo e nesse especificamente, é um jogo cooperativo, ou seja, seu amigo depende de você, pois você pode ajudá-lo caso ele seja atacado por zumbis e necessite de medicamento e você precisa de seus amigos.
Dependendo do perfil do seu amigo, ele poderá te deixar pra trás ou não, isso que é bacana.
As vezes a situação fica difícil, daí estamos próximo á porta do abrigo (local em que os zumbis não entram) e o amigo está lá atrás quase morrendo, alguns voltarão para o resgate, outros não, igual á vida real, em que uns te ajudarão, outros não.
Gosto de tirar boas lições de tudo, pois Jesus aproveitou todas as oportunidades para pregar o evangelho da verdade e muitas pessoas conheceram a verdade e creram nele por isso.
Deixo um versículo pra meditarmos, que é muito importante para analisarmos, fica em 1ª João, capítulo 3, versículo 16.
“Conhecemos o amor nisso: que ele deu sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.”
Li esse versículo na apostila em que estou estudando, lá da igreja, com calma postarei sobre estes estudos, muito bons.
Irmãos em Cristo são um corpo só, uma família, assim como eram os apóstolos, o que pega pra um, pega pra geral.
Não vou ficar me lamentando de não ser assim, mas agradecerei á Deus, por conhecer gente que é desse clima e outros que buscam ser, tipo eu.
Paz pra geral.
Bons jogos, boa leitura da palavra de Deus, boa aplicação prática.
Té.

4 comentários:

Alceu Santos disse...

Muito boa postagem! Concordo sobre o aspecto que: Devamos observar tudo o que acontece em nossa volta e tirar disso uma lição para as nossas vidas. Entendi isso nas entrelinhas ou o que pude pegar do texto, certo? Desculpe se entendi errado.
Paulo já dizia que devemos ouvir de tudo e reter somente o que fosse bom. O grande problema é saber o que é bom e descartar o que não é com a mesma facilidade. Exemplo: Absorvemos tudo em nossa volta, tanto coisas boas como as ruins, porem, nossa memória (que é seletiva) seleciona armazenar somente aquilo que consideramos como bom, e aí que ta o primeiro obstáculo; o que é bom segundo o nosso conceito? É aquilo que não traz conseqüências ou aquilo que traz prazer?
Outra dificuldade que temos é: apagar, excluir, deletar o que não consideramos bom com a mesma facilidade que temos em guardar o que seja (o nosso) bom. Como podemos programar-nos para ter total controle isso? Ainda tem o que vou chamar de “lavagem cerebral”, o que é isso? Coisas que nos trazem conseqüências drásticas, mas que aos poucos estamos sendo condicionados para tê-las como normal, daí, interpretar como sendo bom por gerar certos prazeres. Nos dias de hoje já podemos dizer que estamos condicionados ás muitas coisas “normais e boas”.
Bem, é isso. Vou fechar o assunto pro comentário não ficar maior que a postagem. Hehehe! Abraço, mano! Parabéns mais uma vez pela reflexão e desculpa se deixei mais elementos reflexivos, afinal, o texto é seu. Hehehehe!
Que o nosso Pai nos ajude a entender qual seja a boa, a perfeita e a agradável vontade Sua, só assim vamos mergulhar e descobrir a largura, o cumprimento e a profundidade do que seja estar no Ser. Parabéns!

Alceu Santos disse...

Nada disso! Entendi o texto de forma errada! Você falou de amizade, cumplicidade, companheirismo e tal, tal, e eu peguei só a parte que falava de “aprender com os lances a nossa volta”, pois bem, para me retratar, vou fazer um pequeno comentário pra mostrar que enfim entendi o conteúdo. Hehehe!
Mano, já reparou que a grande missão do Espírito Santo é fazer que entendamos e venhamos praticar o que Jesus pediu em oração em João 17? Que sejamos UM com Ele como Ele é UM com o Pai? E que para facilita as coisas, Ele, O Espírito, retém o Destruidor e fará isso até um determinado tempo? Tudo isso para que aprendamos a sentir a dor do próximo, se alegrar com a alegria do próximo e se possível dar a vida pelo próximo? Isso seria o principal e único objetivo da Igreja como comunidade –levar as pessoas a serem Uma entre si para ser Uma com Cristo. Aliás, essa é a única maneira de ser semelhante á Trindade. É isso, acho que agora entendi. Hehehe! Abraço!
Ps. Se quiser apagar o comentário anterior, esteja a vontade.

Stol disse...

Boa tarde e Paz.
Obrigado pelo comentário.
Eu considero blogs como diários ou locais para colocarmos nossas idéias e pensamentos.
Eu curto comentários, sejam eles favoráveis ou contrários.
Gostei muito de seus dois comentários, pois enobrece e me faz refletir e analisar, gosto disso.
Com certeza, embora saibamos que temos que reter o que é bom, mas como escrevera, não é fácil, kkkkkkkkkkkk. Pra quem entende os ensinamentos que a Bíblia nos dá, tem mais chances de conseguir, pois se ficar difícil, oraremos á Deus que nos ajudará, agora quem não entende isso, será muito difícil mesmo.
Podes crer, a memória é muito seletiva, kkkkkkkk.
Esse conceito do lavagem cerebral é muito bom, é exatamente isso, algo que não é bom, mas de leve vão inserindo e as pessoas acabam aceitando, como cerveja, cigarro, adultério, tanto é que é comum em novelas e programas na tv aberta.
Todos estes trazem consequências drásticas.
Quanto ao segundo comentário, show de bola, era exatamente isso que estava na apostila, que os irmão sejam um com Cristo.
Com certeza, que Deus nos abençoe sempre.
Fique a vontade para comentar o que quiser, irmãos em Cristo sempre se ajudarão.
Valeu ter postado aqui.

Alceu Santos disse...

Ufa! Errei no primeiro mas acertei no segundo. Yes!!
Abraço gente boa de Deus!